Maravilhosas Mulheres

Assim como a princesa Diana, as mulheres na atualidade são criadas com o conceito de empoderamento feminino:  como guerreiras, independentes, prendadas, trabalhadoras, auto-suficientes que determinam o curso de suas vidas.
A era das mulheres totalmente submissas,  sem opinião,domésticas, sem estudo, totalmente inseguras acabou!
Calma, calma! Não sou feminista e sim, feminina! Brincadeiras à parte, o filme  retrata uma mulher, a frente do seu tempo, dotada de poderes herdados de um deus mitológico.

Nós somos um projeto criativo e bem desenhado pelo ser eterno chamado – Deus, amoroso que usou a parte mais dura do homem para fazer alguém doce e gentil. Sabemos administrar as responsabilidades, sem grosseria e  sensibilidade com muita feminilidade.

 Ao mesmo tempo, um ser tão forte quando falamos sobre a defesa da família, suporta longas jornadas de trabalho e ainda  recolhe força e tempo para alegrar a casa com amores sabedoria.

Na revista Superinteressante, deste mês,  fala sobre a demora  para a estreia do filme próprio – nada menos que 75 anos de espera.

Sendo heroína, com poder ou sem poder, o importante é: Deus criou a mulher para mostrar ao mundo as suas maravilhas.

Liza Lima  – Colunista do Ponto das Igrejas

============================================

Sinopse história da Mulher – Maravilha
A Mulher-Maravilha tem uma das origens que mais sofreu alterações na história dos quadrinhos, devido às várias atualizações que a personagem sofreu ao longo das décadas. Inicialmente, Diana foi criada de maneira mágica, a partir de uma figura de argila, na misteriosa Ilha Paraíso – um reino escondido, mais tarde chamado de Themyscira –, por sua mãe, a Rainha Hipólita. Quando adulta, durante o período da Segunda Guerra Mundial, ela foi enviada ao mundo dos homens (no caso, os Estados Unidos), como embaixadora da paz e para lutar contra inimigos como os alemães e os japoneses. Durante diversos períodos e reformulações, ela usou a identidade secreta de Diana Prince, que teve várias encarnações: enfermeira, secretária, agente do Departamento de Defesa e até dona de uma butique de moda. Em sua última reformulação, ocorrida em 2011, a Mulher-Maravilha tornou-se uma semideusa, filha de Hipólita e do deus grego, Zeus. Com atitudes mais violentas, ela é considerada a nova encarnação do deus da guerra.
Poderes e habilidades: Diana é dona de força sobre-humana, foi treinada como guerreira – é uma das melhores entre seu povo – e maneja diversas armas habilmente. Entre os equipamentos que mais usa, estão seus braceletes capazes de desviar balas, raios de força e outros projéteis; e o Laço da Verdade, uma estensão de corda que, quando prende alguém, força a pessoa a falar a verdade.
Aliados e coadjuvantes: Steve Trevor e Etta Candy, oficiais do exército norte-americano; Donna Troy, a Moça-Maravilha; a Rainha Hipólita e as amazonas da Ilha Paraíso;  a professora Julia Kapatelis, a Liga da Justiça
Inimigos principais: Mulher-Leopardo, uma criminosa com poderes felinos; Ares, o deus da guerra; Giganta, uma vilão que pode alterar seu tamanho; Circe, uma deusa que odeia Diana
Principais roteiristas: George Pérez, Gail Simone, Brian Azzarello, Phil Jimenez,Greg Rucka, William Mesner-Loebs, J. Michael Straczynski, Denny O’Neil
Principais desenhistas: George Pérez,Terry Dodson, Phil Jimenez, John Byrne,Gene Colan, Mike Deodato, Matthew Clark, Allan Heinberg, Cliff Chiang, Ross Andru, Mike Esposito, Mike Sekowsky
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s